Softwares são todos iguais?

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Print

Gostou do artigo? Então compartilhe com seus contatos.

Nesse artigo falaremos sobre os diversos tipos de softwares existentes e suas principais aplicações.

Existem entendimentos distorcidos sobre as funções que um software desempenha, muitas promessas de vendedores de software, que tentam passar a ideia de que o produto que eles vendem pode resolver todos os problemas da empresa, mas acredite, não é bem assim.

Durante meus anos no mercado, ouvi muitos relatos de clientes que se frustram com softwares, fizeram grandes investimentos num produto que não deu em nada, entre tantos outros relatos negativos. Talvez, você leitor, já tenha passado por isso também.

Mas vamos lá, começando pelo início. Um dos conceitos que precisamos eliminar é o tal do “programinha”. Já ouvi muito isso, tipo: “ah, mas eu preciso só de um programinha para fazer isso ou aquilo”.

Não existem programinhas que resolvam seu problema. Existem softwares desenvolvidos com objetivos específicos e será necessário analisar, diante do problema ou necessidade que você tem, qual desses softwares melhor te atenderá.

Também é comum as pessoas me perguntarem qual é o melhor software? Minha resposta sempre é a mesma, o melhor software é aquele que resolve o seu problema, tanto faz qual ele seja. Pode ser um muito caro e pode ser um bem acessível, resta saber, depois de entender seu real problema, qual é que pode te ajudar.

Naturalmente, softwares mais caros tendem a ser produtos mais completos, abrangendo várias áreas da empresa, integrando todos os processos, portanto, vão proporcionar uma visão gerencial e estratégica muito melhor. Por outro lado, nem toda empresa tem capital disponível para investir tanto num software, sendo que muitas lutam para manter suas operações, então, diante disso, como equilibrar as coisas?

Esse é o papel do profissional de tecnologia da informação, isso é o que podemos fazer por você, te ajudando a melhorar sua organização, sem precisar gastar excessivamente.

Existe o mundo perfeito e existe o mundo possível. Essa regra também vale para os softwares disponíveis. Se você não tem como ter o perfeito, pelo menos use o possível e extraia o melhor que ele pode te ofertar. Acredite, você pode se surpreender com soluções relativamente baratas.

Agora que já entendemos um pouco (bem pouco mesmo) desse mundo complexo dos softwares, vamos falar um pouco sobre a classificação dos sistemas e suas aplicações.

Os sistemas se classificam em:

Para facilitar o entendimento de quem não está familiarizado com esses termos mais técnicos, traçaremos uma analogia com categorias de remédios.

Existem os analgésicos, que servem para aliviar a dor. Eles não são a cura para o problema, mas ajudam a melhorar. Dentro dessa categoria você tem desde uma dipirona até o analgésico mais potente e de última geração, mas todos eles têm o mesmo objetivo: aliviar a dor.

Nos antidepressivos, a mesma coisa. Você vai ter uma infinidade de medicamentos, cada um vai se adaptar melhor a um determinado tipo, mas todos eles tem o objetivo comum de fazer a pessoa se sentir melhor, menos deprimida. Existem os medicamentos mais comuns e existem os de última geração e o médico, diante da realidade do paciente, vai indicar o mais adequado.

As categorias de softwares podem ser entendidas dessa forma, um agrupamento e, dentro de cada categoria, você pode encontrar desde produtos mais baratos até os mais caros, que servem a determinados tipos de públicos e necessidades específicas.

Algumas categorias equivalem a itens valiosos e você já sabe que não vai encontrar nada muito barato ali dentro, pois são produtos de maior valor agregado. Softwares do tipo SAD e alguns SIG, também são assim. São produtos para necessidades mais específicas, para clientes que demandam mais refinamento, portanto, são mais caros.

O comparativo é simplista, mas tem por objetivo facilitar o entendimento de quem não está acostumado com o assunto e, assim como somente um médico pode prescrever uma medicação, somente um profissional de TI pode te orientar de forma adequada sobre qual é o melhor software para a sua necessidade.

Rolar para cima